Rosa Chá apresenta suas texturas e shapes na NYFW

Fotos: BFA/Divulgação

A Rosa Chá é queridinha pelo Brasil desde 1993 e construiu um história de inúmeros looks de sucesso para uma mulher moderna e descolada de lifestyle feminino contemporâneo. No início, a marca era focada em beachwear premium e após ingressar no leque de opções do Grupo Restoque ampliou o espectro de produção de roupas e acessórios com a cara do Brasil.

Em 2012, após se reposicionar no mercado, e ter modelos como Gigi Hadid e Taylor Hill estrelaram suas campanhas, até que a super Gisele Bündchen virou o rosto da label, e segue firme desde 2016.
Em 2019, após um amadurecimento absurdo a Rosa Chá entrou em processo de internacionalização plena. Nos planos, o ingresso em um dos line ups mais poderosos do mundo, o da New York Fashion Week. Na última semana, com coleção assinada por Juliana Teixeira e Bia Parente, ocorreu o primeiro desfile la na terra do Tio Sam.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O destaque da coleção foi o “bordado caviar”, um tipo de aplicação de borracha com glitter, que realça o brilho de uma nova maneira. Os shapes trazem possibilidades de expressão do DNA sexy e cool da marca. Roupas curtinhas, decotes livres, transparências, amplitude e liberdade traduzem a coleção e foram organizados com maestria pelo stylist Daniel Ueda.

Atualmente, a label tem um showroom em Nova York e acaba de inaugurar sua primeira loja física nos Estados Unidos, em Los Angeles. Além disso, a label também pode ser encontrada nas multimarcas Anthropologie e Fred Segal (Los Angeles) e no The Faena Hotel, em Miami. Instagram: @rosacha.

Deixe uma resposta