Retratos de Havaianas homenageia arte de Tarsila do Amaral

Das galerias de arte para os pés. A linha Retratos de Havaianas já trouxe estampas com obras de Naia Ceschin e Ricardo Negro e agora estampa obras de Tarsila do Amaral. A marca mergulhou na poesia e na brasilidade da pintora, uma das fundadoras do movimento Modernista no Brasil, além de ser uma grande referência da força feminina e ter um estilo muito particular de pintar.

Segundo a vice-presidente Global de Sandálias da Alpargatas, Carla Schmitzberger, a arte é um caminho sem volta quando é inspiração para produtos das Havaianas. “Arte e moda andam lado a lado. Havaianas tem uma ligação muito forte com o universo da arte, tanto que já tivemos nosso primeiro modelo exposto no Moma de Nova Iorque. Adorarmos e frequentemente homenageamos artistas brasileiros em nossas coleções, pois nos orgulhamos muito das nossas raízes”, contou.

O foco é homenagear artistas brasileiros, mas também adentrar noutros meandros e descobrir formas de unir a arte e o engajamento social. “Na coleção que está hoje nas lojas, por exemplo, além da linha Retratos com Tarsila do Amaral, também temos a linha do Instituto Ipê com ilustrações do artista Arlin Graff. Mas não é apenas esse o nosso foco quando pensamos em criar produtos icônicos. Afinal, quem imaginaria uma sandália com joias quase 20 anos atrás? Havaianas pensou, foi lá e criou uma collab exclusiva e limitada com a joalheria H.Stern com acabamento em ouro 18k e diamantes. Também já tivemos edições especiais do Valentino, Missoni, Charlotte Olympia, Liberty, Pantone, Handsome, J. Crew, Tom Veiga e, também, artistas internacionais, como Mara Hoffman e Francis Libiran. Como eu disse, arte e moda andam lado a lado”, finalizou Carla.

As obras escolhidas

Foram escolhidos três quadros – A Cuca, Postal e Antropofagia – para estampar os modelos que já estão disponíveis nas lojas físicas e e-commerce de Havaianas. Os tamanhos variam entre 33/4 e 45/6.

Saiba mais acessando havaianas.com.br
Ou pelo Instagram @havaianas

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta