Live Moda DFB: Gisela Franck instiga a contemplação e auto conhecimento

As roupas da designer questionam, com muito charme, nosso lugar no mundo
Por Fernando Lackman

O segundo dia de desfiles virtuais do DFB Digifest trouxe a leveza e o olhar intimista de Gisela Franck ao estúdio. A estilista é conhecida por propor uma moda mais aérea, no sentido de sugerir a criação de um elo entre o bem-estar e as possibilidades de conversa com o corpo.

Gisela é mestre em trazer soluções cheias de requinte, dosadas com sensatez e qualidade, visto que os tecidos empregados na construção de suas roupas são nobres, naturais, sua costura é impecável e a utilização de técnicas tradicionais de bordado são especialmente focadas na perfeição.

Looks que nos remetem a lugares onde os pensamentos são livres de problemas. Sabe quando é possível sentir o vento no rosto ter a chance de refletir sobre o momento único que se está vivendo ali naquele instante? Pois bem, Gisela sabe vestir mulheres para viver e conviver com esses momentos de contemplação e de chances de um auto entendimento sobre si.

Cores claras, linho, recortes estratégicos, traspasses e até jaquetas que parecem respirar e se moverem de acordo com o vento que bate passearam pela pocket coleção apresentada. Ver o trabalho de Gisela Franck é sempre um momento em que apreciar não basta, tem que viver.

Assista a apresentação (a partir de 4’20”)

Confira o line up completo do projeto Live Moda do DFB Digifest clicando aqui.

Fotos: Igor Cavalcante/Divulgação DFB Digifest

 

Deixe uma resposta