Live Moda DFB: Bruno Queiroz volta ao passado e ressignifica lembranças

Criador é exuberante e trata de feminilidade imprimindo luxo e personalidade dentro de conceitos bem definidos
Por Fernando Lackman

Entre laçarotes e lembranças, Bruno Queiroz fez seu desfile no DFB Digifest 2020. A coleção intitulada de “Entrelaços” conta com tecidos de acervo, resgatados de sua avó trazem belas memórias emotivas de anos passados, especialmente da década de 1980. O trabalho é resultado de “poesias do modo de viver e gestos de enxergar o amor que percorre de cada um deixando-se entrelaçar”, como descreveu o estilista.

Laçarotes gigantes, babados e make oitentista levada ao extremo, passearam pelo estúdio ao som de “Marche Nocturne”, da cantora francesa Corine e transbordaram volumes e imagens de corações em vestidos nula manga ou tomara que caia – valorizando colos e ombros –, com proporções e definições de modelagens bastante acertadas em tons róseos e lilases. Temos em Bruno Queiroz um belo exemplar de uma moda feminina cheia de exuberância e excentricidade para o futuro que nos espera.

Assista a apresentação

Confira o line up completo do projeto Live Moda do DFB Digifest clicando aqui.

Fotos: Igor Cavalcante/Divulgação DFB Digifest

 

Deixe uma resposta