Fusão de gigantes cria maior grupo de moda do Brasil na atualidade

Movimento marca entrada do grupo comandado por Alexandre Birman no vestuário voltado para as classes A/B

A Arezzo&Co, grupo que reúne as marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Alme e Vans, anuncia combinação de negócios com a Reserva, companhia carioca fundada em 2004 pelos empresários Rony Meisler e Fernando Sigal.

A transação, que contempla as seis marcas do grupo – a própria Reserva, Reserva Mini, Oficina Reserva, Reserva Go, EVA e INK, depois de concluída, ampliará o portfólio da Arezzo&Co para 13 marcas e consolidará a estratégia da companhia de se tornar um grupo de peso no mundo da moda.

A união de Alexandre Birman e Rony Meisler, representa novos “ARes” para ambas as empresas

Além de calçados e bolsas, a Arezzo&Co passará a comercializar itens de moda masculina, feminina e infantil, incluindo roupas e acessórios. A movimentação também possibilitará uma ampliação de 3,5 vezes o mercado endereçável da companhia, já que a empresa expandirá seu público alvo e passará a vender o “look completo” aos seus clientes, ao melhor conceito dos “pés à cabeça”.

Após a conclusão da transação, a Arezzo&Co criará um braço exclusivo de lifestyle – a AR&Co – que terá Rony Meisler, sócio fundador da Reserva, como CEO da operação.

O Grupo Reserva conta hoje 78 lojas próprias e 32 franquias, além de estar presente em 1,5mil multimarcas. Em 2019, o Grupo Reserva faturou R﹩ 400 milhões.

Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixe uma resposta