Candango de coração, Nando Reis volta aos palcos da capital

Após o sucesso de audiência em suas lives, o artista apresenta um show que resgata os maiores clássicos de sua carreira como músico e compositor

Sempre que Nando Reis vem a Brasília é uma festa. E, depois de quase dois anos fechado ao grande público, o que os palcos do Centro de Convenções Ulysses apresentarão em 3 de dezembro ganha ares de presente de Natal antecipado. Após realizar diversas lives, shows drive-in e híbridos pelo Brasil, Nando preparou uma performance emocionante, como este momento de retomada pede. No repertório, “All Star”, “Relicário” e “Luz dos Olhos”, canções que podem ser consideradas clássicos da nova MPM, e também novos hits como “Espera a Primavera”, seu mais novo single.

Nando Reis, um dos maiores cantores e compositores de sua geração, também dono de uma personalidade cativante, se apresentará na companhia de sua banda. Na formação, Pupillo Oliveira (ex-Nação Zumbi e produtor do último disco de Nando),  Walter Villaça (guitarras), Alex Veley (teclados), Felipe Cambraia (baixo) e Sebastião Reis (vocais e violão), este último, filho de Nando.

O Ulysses receberá o artista e o público para uma noite especial, onde além da melhor música brasileira, serão apresentadas novidades.

Reformada e aperfeiçoada desde a área de acesso, a sala máster, uma verdadeira casa de espetáculo, ganha configurações do mais alto padrão nacional e internacional.

Na ocasião do show de Nando, será lançado o camarote UM, espaço amplo, com banheiros privativos e serviços de open food e open bar.  Quem assinará o menu é o chef Marcelo Petrarca, querido pelos brasilienses por levar à mesa requinte e muito sabor. “Cultura, gastronomia, conforto e segurança. É esse tipo de entrega que queremos oferecer”, afirma Marcelo Piano, à frente da Upiano Entretenimento.

Quer ir?

Nando Reis e banda

3 de dezembro (sexta-feira)

Centro de Convenções Ulysses

21h

Classificação Indicativa: 14 anos

Ingressos: Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com)

 

Fotos: Paulo Henrique Cruz e Bispo/Divulgação

Compartilhe

Deixe uma resposta